As Contabilidade Societária requer conhecimentos técnicos e práticos a respeito das minúcias burocráticas da área nas rotinas contábeis. A Contabilidade Societária exige uma série de conhecimentos específicos para atuação na área societária. A contabilidade societária abrange os controles financeiros, fiscal e tributário das empresas para fazer uma análise mais detalhada do seu desempenho. Hoje vamos falar sobre a diferença entre contabilidade fiscal e societária, vamos mostrar como aplicar essa área contábil no seu negócio e sua importância, continue lendo até o final!

Qual é a importância da contabilidade regular para o MEI e quais são suas obrigações e rotinas?

O que é contabilidade societária?

A contabilidade não é uma área destinada apenas a preparar folhas de pagamento e garantir que um negócio esteja em dia com a Receita Federal, aliás, a área de atuação é bem mais abrangente. Esse é o caso da contabilidade societária, um conceito e estratégia que trata de tudo que diz respeito às empresas que possuem sócios. A definição desse conceito se refere a diversas medidas de controle financeiro, fiscal, tributário e avaliação de leis e regras voltadas para negócios com quadro societário. Sendo assim, um dos principais objetivos da contabilidade societária é assegurar que tudo na empresa seja feito dentro da lei, evitando qualquer problema contábil. O conceito de contabilidade societária surgiu em 2007, com a criação da Lei 11.638. Essa legislação exige que toda empresa esteja adequada nos processos de contabilidade das normas obrigatórias, assim, os negócios ficam aptos a realizar todos os registros complexos com mais facilidade, e ainda organizar o fluxo financeiro. Além disso, a contabilidade societária torna a gestão das empresas mais estratégica e é através dela que uma empresa consegue calcular a sua situação financeira através de balanço patrimonial e Demonstração do Resultado de Exercício.

Qual é a importância da contabilidade societária?

A contabilidade societária é responsável por entender e controlar o patrimônio das empresas. Ela é uma área muito útil para as empresas, pois evita falhas e garante que todos os registros contábeis do negócio sejam o mais assertivos possível. Pense na contabilidade societária como um profissional de radiologia. Ela é responsável por fazer um raio-x da empresa para que os sócios avaliem as oportunidades e os riscos do negócio. A sua principal finalidade é identificar e registrar tudo que diz respeito à contabilidade da empresa, analisar as operações financeiras do dia a dia e então, produzir relatórios para avaliação. Sendo assim, a contabilidade societária mostra, de maneira nítida, qual a situação financeira de um negócio para dar origem a diversos documentos, estuda a legislação para firmar sociedades, o registro da empresa na Junta Comercial e quais são as pessoas jurídicas que precisam realizar um registro civil.

O que é ativo e passivo na contabilidade?

Contabilidade Societária: quais conhecimentos preciso adquirir?

Quem deseja se tornar um especialista em contabilidade societária, precisa de conhecimentos específicos para que possa atuar de forma assertiva. Esta área é a responsável principalmente pelos seguintes serviços:

  • Constituição, alteração ou baixa de empresas;
  • Documentação para licitações públicas;
  • Certidões fiscais Federais, estaduais, municipais, trabalhistas e outras;
  • Documentação a respeito da vigilância sanitária e alvará de funcionamento;
  • Serviços junto a conselhos regionais de acordo com o cliente que está atendendo;
  • Planejamento Societário.

Portanto, existe um grande volume de trabalho a ser executado pelos profissionais que são especializados em contabilidade societária. De modo que, o profissional possa auxiliar na abertura da empresa de seu cliente, fazendo os processos de maneira assertiva para que o cliente não seja prejudicado por burocracias relacionadas a correção de erros. Afinal, existem muitas etapas a serem seguidas pelo profissional da área societária. Por isso, quem não tem experiência fica sujeito ao risco de cometer uma série de erros e perder prazos importantes. Podendo ocasionar problemas para o cliente que aguarda a boa performance de seu contador para iniciar o negócio 100% legalizado.

Contabilidade societária x contabilidade fiscal

A contabilidade fiscal tem a função gerenciar o fluxo de caixa e o pagamento de tributos de uma empresa. Por conta disso, também é chamada de contabilidade tributária. Esse tipo de contabilidade atua através de procedimentos específicos que visam registrar tudo que acontece na empresa que incidem em obrigações tributárias. Sendo assim, o papel da contabilidade fiscal é ter completo controle do patrimônio da empresa em tudo que diz respeito a lucro e registro de tributos e manter o pagamento de taxas e impostos sempre em dia. Já na contabilidade societária, o trabalho é um pouco mais aprofundado, pois considera todos os setores de uma empresa como controle, recursos humanos e processos internos. Além disso, essa área da contabilidade usa os balancetes que trazem todas as informações das operações e finanças para realizar uma análise detalhada da saúde financeira da empresa. Dessa forma, os donos da empresa conseguem tomar decisões mais estratégicas, e com base em dados, para planejar o futuro do negócio. É importante ressaltar que a contabilidade societária e fiscal são processos que se complementam, por isso, é interessante que as empresas trabalhem com ambas as áreas para potencializar ainda mais os resultados.

Como funciona a contabilidade societária?

A contabilidade societária precisa analisar as empresas conforme as normas do Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC) e os sócios precisam fornecer informações para que o contador construa uma estrutura. Mas, para entender como essa área funciona, confira as normas de cada situação:

  • Incorporação: nesse caso, um sócio toma o controle de outras empresas por meio da aquisição de ações ou outros ativos;
  • Fusão: situação onde um negócio é absorvido por outra empresa, mas sem deixar de existir. Neste caso ativos, passivos e qualquer outra obrigação passa a ser da empresa que absorveu;
  • Cisão: aqui acontece a transferência de parte ou totalidade do negócio.

Algumas vezes, essas situações de transações do tipo precisam de aprovação dos órgãos governamentais, por isso a contabilidade societária é essencial. É a partir dela que todas as informações importantes são levantadas e as exigências da legislação em relação a essas operações e negociações do setor que o negócio se enquadra são analisadas.

Quando aplicar a contabilidade societária?

Para aplicar a contabilidade societária, algumas etapas são necessárias. A primeira delas é manter o fluxo de caixa sempre em dia, ou seja, registrar todas as entradas e saídas de dinheiro da empresa, além de indicar o motivo da realização de todo pagamento e de toda entrada de dinheiro. Por isso, sua empresa deve documentar qualquer movimentação como faturamento, vendas, empréstimos, despesas, receitas e compra de bens, entre outras informações. Também é importante que todos os bens estejam registrados nos livros contábeis da empresa para que seja feita a regularização deles. É apenas com essa documentação em dia que a contabilidade societária poderá ser realizada. E para funcionar, todo o processo deve contar com a participação do dono da empresa e do contador, dessa forma, o processo irá beneficiar a operação da empresa.

Para maiores informações, entre em contato agora mesmo com a Contabilidade Papyrus!

📞 (31) 3508-2000
✓ papyrus@papyruscontabil.com.br
💻 Instagram: @papyrus.contabil

O que é Escrituração Contábil e como funciona na prática?

 

 

Via: ViverdeContabilidade e blog.contaazul