Como funciona a Contabilidade Gerencial?

A importância da contabilidade gerencial está em prever o futuro seguindo o caminho certo e evitando erros. Afinal, é fundamental entender o que é contabilidade gerencial, afinal, ela ganhou espaço na gestão das pequenas e médias empresas e tem desempenhado um papel ativo nas decisões diárias e estratégicas da empresa.

Contabilidade é a ciência que estuda o fluxo de patrimônio em uma organização e tem como objetivo coletar, classificar e processar dados financeiros de empresas e pessoas físicas, ou seja, digitalizar e registrar sistematicamente as transações comerciais.

Embora a contabilidade gerencial forneça muitas informações financeiras, ela sempre se concentrou nos indicadores de desempenho. Portanto, existe em todos os níveis para ajudar a organização a atingir seus objetivos.

Segundo o site (monografias.brasilescola) as grandes mudanças que as empresas vêm enfrentando devida à globalização da informação e às crises mundiais, trouxeram dificuldades há muitos empresários no que diz respeito a como tomar suas decisões gerenciais.

contabilidade gerencial é o conjunto de técnicas e procedimentos contábeis que, quando combinados, geram dados importantes para o processo de decisão em uma empresa. São considerados os processos de contabilidade financeira, de custos e a análise de demonstrações contábeis.

Características da contabilidade gerencial:

A empresa precisa ter um plano financeiro com valores, metas definidas e execução rigorosa para que a gestão tenha resultados positivos e lucratividade. Isso será viável por meio de recursos da contabilidade gerencial.

Assim, o contador obterá dados úteis na gestão do empreendedor, porque a contabilidade fornecerá ao cliente informações quanto ao que está dando resultado ou não no cumprimento do plano financeiro. Da mesma forma, indicará as medidas a serem tomadas para uma gestão saudável, afinal, os dados são transmitidos ao cliente pelos relatórios detalhados, demonstrando os pontos em que há desperdício de recursos e fontes de lucro.

Qual é o papel do escritório de contabilidade gerencial na gestão estratégica corporativa?

contabilidade gerencial tem papel fundamental na gestão estratégica da organização, pois tem origem na demonstração contábil, já que determina os custos, despesas, ativos e passivos, detalhando cada movimentação do patrimônio e as variações que podem afetar o empreendimento no futuro.

Dessa maneira, o contador consegue sugerir estratégias de tributação voltadas para a empresa ou para diversos produtos, uma vez que os impostos e regulamentos podem ser usados como diferencial competitivo com alta influência no negócio.

Como o profissional conhece intensamente os números da organização, também aconselha transformações estruturais de processos para trazer resultados positivos, redução de custos ou ampliação da receita com a venda de produtos ou na prestação de serviços. Sendo assim, gargalos produtivos, arranjos variados ou maneiras de contabilização de custos mudarão a realidade da empresa.

Qual é a importância da contabilidade gerencial?

A importância da contabilidade gerencial é garantir que os rumos da empresa sejam decididos baseados em dados fornecidos pela contabilidade de custos e financeira. Em síntese, é o processo de identificar, avaliar, agrupar, analisar, organizar, interpretar e comunicar informações que orientem os gestores a atingir as metas e alcançar os objetivos traçados no negócio.

Quais são os objetivos da Contabilidade Gerencial?

Jiambalvo (2002, p. 2) julga que todos os gestores precisam não só planejar e controlar suas transações, porém devem tomar uma série de decisões:

A meta da contabilidade gerencial é viabilizar as informações de que necessitam para o planejamento, a direção e a tomada de decisão. Se o objetivo é ser um administrador eficaz, é substancial um conhecimento profundo de contabilidade gerencial. O controle das empresas é logrado pela avaliação do desempenho dos gestores e das tramitações pelas quais eles são responsáveis. Os gerentes são examinados para determinar como seu desempenho deve ser retribuído ou penalizado motivando-os a ter resultados de auto nível.

Figueiredo (1997, p.27) entende que o profissional da contabilidade tem por objetivo garantir informação condizente ao processo, almejando êxito na administração, entre esse procedimento afirma que o planejamento determina e conserva um plano compartilhado para as transações coerentes com os objetivos e metas da organização, a longo e a curto prazo, que deverá ser averiguado e revisado regularmente, informando aos diversos níveis de gerência através de um adequado meio de comunicação.

Diz ainda que no controle: deverá produzir e reavaliar frequentemente os modelos de avaliação de resultado para que sirvam como parâmetros, aos outros gerentes no exercício de seus cargos, garantindo que o resultado verdadeiro das atividades esteja de acordo com o que foi estabelecido. Na informação julga que o contador deverá moldar, investigar e interpretar os resultados econômicos para serem utilizados pelos administradores no procedimento de tomada de decisão, avaliar os elementos coletados, tendo como modelo as metas das unidades e da organização.

Cita ainda que na contabilidade gerencial em si o mesmo tem por obrigação delimitar, fundamentar e conservar o sistema de contabilidade geral e de custos, mantendo registro de todas as operações financeiras nos livros contábeis em conformidade com os princípios que regem a contabilidade com finalidades de controle interno, como também aos usuários externos, como o Governo.

Pode se dizer então que a contabilidade gerencial participa de todos os trâmites de uma organização, sendo assim constitui-se como uma ferramenta importante nos processos de tomada de decisão de uma companhia. Portanto seu objetivo é oferecer suporte ao gestor com suas informações confiáveis, garantindo então a saúde da empresa, para que a mesma alcance seus objetivos.

Como incorporar a contabilidade gerencial em sua prática empresarial?

Para utilizar a contabilidade gerencial na sua empresa, contrate um software de gestão integrada que facilite as ações, aumente o seu controle e que fique tudo em um só ambiente. Também utilize as ferramentas dele para administrar índices contábeis, fluxo de caixa, orçamentos etc.

Além disso, capacite sua equipe e estimule o trabalho em conjunto para uma postura estratégica perante as demandas. Outro ponto é explicar a importância do relacionamento com os contadores para que todos entendam e auxiliem no desenvolvimento do negócio.

Mais uma questão importante é criar processos para a integração dos setores e do escritório de contabilidade. Logo, defina o fluxo de informação, estabeleça procedimentos internos e agende reuniões periódicas.

Ainda, monte relatórios claros e objetivos, com os principais resultados, e deixe eles acessíveis aos interessados. Os profissionais de contabilidade podem auxiliar nesse processo para transformar dados brutos em úteis e de fácil entendimento.

Por fim, caminhe junto à tecnologia, investindo na informatização e motivando o time a se atualizarem, pois nada adianta entender sobre o que é contabilidade gerencial sem colocá-la em prática a favor do seu negócio. Isto proporcionará a sensação de chance de sucesso, como abrirá caminhos para o desenvolvimento de sua empresa.

 

Via: ozai / segatocontabilidade / monografias.brasilescola