Livro Diário e Livro Razão, Planejamento tributário e Fiscal, Certificado Digital, Contabilidade 4.0, Auxílio Emergencial Residual, Legalização, são centenas de serviços contábeis que confundem até os contadores mais experientes. E por este motivo vamos listar alguns termos contábeis mais comuns e utilizados no dia dia dos contadores e escritórios de contabilidades.

Confira os 100 termos mais utilizados na Contabilidade e que todo contador deve saber seus significados:

A

Ações: representam um direito sobre os ativos e lucros da empresa.  Se a companhia tiver capital aberto, as ações serão negociadas na Bolsa de Valores.

Acionista: pessoa física ou jurídica que possui parte das ações e do patrimônio líquido de uma empresa. Existem dois tipos: minoritário e majoritário. O minoritário possui cotas pequenas de ações e não tem direito a voto. Já o majoritário tem direito a voto e detém uma quantidade de ações suficiente para exercer o controle de uma empresa.

Alíquota: Percentual ou valor fixo que se aplica para o cálculo de um tributo.

Amortização: extinção ou redução parcial de uma dívida com pagamentos periódicos em que cada uma das parcelas é parte do valor total da dívida, incluídos os juros. Geralmente, é usada em empréstimos bancários e compra de imóveis.

Aplicação financeira: Compra de um ativo financeiro na expectativa de que, com um determinado tempo, ele produza um retorno do ponto de vista econômico. Ou seja: a pessoa espera não só obter de volta do dinheiro aplicado, mas também obter um valor excedente, a título de juros.

Ativo: é o patrimônio que a empresa possui referente a bens e direitos, como um investimento que contribuirá para aumentar o poder aquisitivo da empresa.

B

Balanço patrimonial: é uma demonstração contábil que tem por finalidade mostrar, qualitativa e quantitativa, a situação patrimonial e financeira da empresa. Companhias que negociam ações na Bolsa tem obrigação de divulgar esses dados.

Balanço social: Conjunto de dados que demonstram as atividades de uma empresa com a sociedade. Seu propósito é publicar a gestão econômico-social e o relacionamento com a comunidade na qual ela está inserida, apresentando o resultado de sua responsabilidade social.

Base de cálculo: Valor sobre o qual se aplica a alíquota para calcular a quantia a pagar.

Bens: Tudo aquilo de material ou imaterial, com valor econômico que uma empresa possui, seja para uso próprio, troca ou consumo.

C

Capital de terceiros: recursos captados a partir de pessoas ou entidades alheias ao grupo de acionistas e sócios para aquisição de ativos de propriedade da entidade.

Capital próprio: recursos financeiros obtidos pelas atividades da empresa, de seus sócios ou acionistas. Equivale ao patrimônio líquido.

Capital social: valor que os sócios ou acionistas estabelecem para aplicar no início da empresa.

Certificado Digital: Arquivo de computador que contém um conjunto de informações referentes à entidade para o qual o Certificado foi emitido, seja uma empresa ou pessoa física. *A Certisign é Autoridade Certificadora líder na América Latina e conta com uma rede de mais de 2.200 locais de atendimento por todo o Brasil e até no exterior. Além disso, quem é contador pode receber comissão pela revenda de Certificados Digitais por meio do Clube do Contador Certisign.

Contas contábeis: São a essência da Contabilidade que, inclusive, já foram chamadas, por este motivo, de “Ciências das Contas”. Elas se constituem de bens, direitos, obrigações, capital e reservas de uma empresa. O objetivo dessas contas é registrar as movimentações transcritas no livro diário.

Custo: gastos relativos à fabricação de um produto, à venda de uma mercadoria ou à prestação de um serviço.

D

Demonstração de Fluxo de Caixa (DFC): analisa as entradas e saídas de dinheiro da empresa, no âmbito operacional, de investimentos e de financiamentos em determinado período.

Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido (DMPL): fornece a movimentação de todas as contas do Patrimônio Líquido, com indicação do fluxo de uma conta para outra, origem e valor de cada acréscimo ou diminuição.

Demonstração do Resultado do Exercício (DRE): demonstração contábil com as operações financeiras da empresa para evidenciar lucro ou prejuízo.

Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos – Doar: Relatório contábil que mostra as modificações financeiras da companhia, útil para a tomada de decisões econômicas da empresa.

Déficit: define o resultado negativo originado por despesas maiores que receitas.

Demonstração do Resultado do Exercício – DRE: Tem a meta de evidenciar a formação do resultado líquido em um exercício por meio do confronto das receitas, despesas e custos. Tem por objetivo verificar se houve lucro ou prejuízo no exercício.

Déficit: Resultado originado por despesas maiores que receitas.

E

Estoque: todos os bens da empresa que são destinados à venda ou ao consumo. Variam de acordo com a atividade exercida pela entidade.

Exercício social: período de 12 meses em que, ao final, ocorre o encerramento e publicação das demonstrações contábeis, com balanço das atividades da empresa, em que são calculados lucros, impostos e dividendos.

Escrituração Contábil: A escrituração contábil é a base principal de todas as técnicas contábeis praticadas pelos escritórios de contabilidades, é através dela que o contador realiza o planejamento demonstrativo, analítico e auditor, em suma, sua finalidade é a de informar de forma clara e objetiva as informações sobre todo processo de controle financeiro e fiscal da entidade.

Ebitda – Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization: No Português significa “Lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização”.

Encargo: Despesas do exercício que devem ser contabilizadas e consideradas dedutíveis do Imposto de Renda e da Contribuição Social sobre o Lucro.

Exaustão: Redução do valor de investimentos necessários à exploração de recursos florestais ou minerais. A base de cálculo da quota anual de exaustão é o custo de aquisição dos recursos minerais explorados.

F

Fato contábil: são fatos que causam alterações patrimoniais ou de resultados. Podem ser permutativos (que não alteram o valor do Patrimônio Líquido, mas podem mudar outros elementos do patrimônio), modificativos (provocam alteração no Patrimônio Líquido, com acréscimo ou redução) ou mistos (ambos).

Fato gerador: Fato ou conjunto de fatos que motivam a aplicação de um imposto sobre alguém.

Faturamento: é o total da receita de bens ou serviços vendidos em um período específico.

Fluxo de caixa: controla a movimentação financeira de determinado período, com registro de entradas e saídas.

G

Gasto: são saídas de dinheiro da empresa. Pode ser custo, investimento ou despesa.

I

Imposto: valor devido ao governo federal, estados e municípios por pessoas físicas e jurídicas. Serve para custear parte das despesas de administração e dos investimentos do governo em obras de infraestrutura e serviços essenciais à população, como saúde, segurança e educação.

Incentivo fiscal: redução ou extinção de cobrança de um imposto com o objetivo de melhorar a economia de determinado segmento.

Investimento: são os recursos reservados e investidos em ações, participações, títulos ou qualquer outro ativo além da atividade principal da empresa. O objetivo é gerar ganhos patrimoniais ou intelectuais.

J

Junta Comercial: Órgão governamental que faz os registros de comércio, como os registros de abertura e fechamento de empresas.

Juros:  taxa de remuneração cobrada pelo uso de um capital tomado como empréstimo ou fornecido a outra entidade, para uso próprio ou para repasse a terceiros.

L

Livro Diário e Livro Razão: resultado positivo acumulado da empresa. Enquanto não são distribuídos ou capitalizados, podem ser considerados como reservas de lucros.

– Lucro: ocorre quando as receitas superam as despesas em uma empresa com fins lucrativos. Pode ser dividido em:

– Lucro bruto: é a diferença positiva entre a receita total e o custo do produto ou serviço.

– Lucro líquido: é lucro bruto menos as deduções de imposto de renda e de outras taxas que a empresa ou o profissional deve pagar.

– Lucro operacional: é o resultado do lucro bruto deduzido das despesas operacionais, como administrativas, comerciais, financeiras líquidas e tributárias.

Leasing: Operação financeira entre uma empresa proprietária de determinados bens e uma empresa que usufrui desses bens contra o pagamento de prestações.

Longo prazo: Todos os bens e direitos realizáveis em moeda ou passíveis de conversão com vencimento após o término do exercício social (ano seguinte).

Lucro Antes do Imposto de Renda – Lair: Pode ser visualizado na DRE como o resultado apurado pela empresa que ainda não recebeu a incidência tributária decorrente desse fato gerador.

– Lucro acumulado:Livro Razão e Livro Diário fazem parte das rotinas contábeis, auxiliam na gestão empresarial e, obrigatoriamente, devem ser escriturados pelas contabilidade das empresas a cada ano.

M

Margem  de contribuição: indica o quanto sobra das vendas para pagar as despesas fixas e ainda gerar lucros. Serve para calcular a quantidade mínima de produtos que precisará vender para manter o negócio.

Margem: Quantia em dinheiro que sobra da receita obtida por meio da venda de um produto, serviço ou mercadoria. Normalmente é expressa em porcentagens.

Moratória; Bem de propriedade da empresa que tem como propósito a venda para geração de resultados.

N

Notas explicativas: informações complementares às demonstrações contábeis com esclarecimentos mais detalhados sobre os números apresentados;

Notas promissórias: documento em que o devedor assume a obrigação de pagar determinado valor ao credor, dentro de um prazo estipulado entre eles.

Numerário: Dinheiro, moeda.

O

Obrigações: título de crédito em que o devedor assume o dever de pagar determinado valor ao credor em um prazo estipulado entre eles.

Orçamento: Preço aproximado concedido a um cliente pela realização de um serviço.

P

Passivo: representa as obrigações, dívidas e os deveres financeiros de uma empresa.

Patrimônio Líquido: é a diferença entre o ativo e o passivo da organização. Ou seja, é riqueza que a empresa possui menos as contas que deve pagar.

PECLD: Perdas Estimadas em Créditos de Liquidação Duvidosa, é uma conta retificadora do ativo que mensura uma perda decorrente de clientes devedores.

Partidas dobradas e Pay-back: Tempo de retorno – relação entre o valor do investimento e o fluxo de caixa do projeto.

Pessoa física: Todo indivíduo, pessoa natural.

Pessoa jurídica: Normalmente, tem fins lucrativos, como as empresas, por exemplo, ou não, como é o caso das associações culturais, religiosas etc. União de indivíduos que, por meio de um contrato reconhecido por lei, formam uma nova pessoa.

Plano de contas: Conjunto de contas ordenadas e organizadas para serem utilizadas no decorrer das atividades de uma empresa.

Princípios contábeis: Normas dos fenômenos e eventos contemplados pela Contabilidade.

Provisão: Estimativa de uma provável perda ou despesa.Teoria dos números positivos e negativos. É o conceito sistema-padrão usado em empresas e outras organizações para registrar transações financeiras.

R

Receita:  consiste na soma de valores recebidos das vendas  de produtos ou serviços durante um determinado período.

Regime de caixa: apuração de resultados da empresa considerando a entrada e saída de recursos monetários na data em que ocorreu o fato.

Regime de competência: apuração de resultados da empresa considerando a data da situação que gerou o evento contábil, independentemente de pagamento.

Realizável: Tudo o que pode mudar, converter ou transformar em dinheiro.

Registro: Conjunto de informações relacionadas entre si, organizadas e mantidas por algum meio de armazenamento.

Rentabilidade: Ganho ou perda monetária ocorrida em um investimento que costuma ser apresentada em valores percentuais.

Reservas: Valores à disposição da empresa que se encontram no patrimônio líquido da mesma.

S

Superávit: define o resultado positivo originado por receitas maiores que despesas.

Selic: é a taxa básica de juros da economia no Brasil e uma das ferramentas do Banco Central para controlar a inflação.

T

Tarifa: Relação oficial das taxas sobre as mercadorias importadas ou exportadas.

Taxa Mínima de Atratividade (TMA): taxa de juros que determina o mínimo de retorno que um investidor espera alcançar com o capital inicial investido. É formada a partir de variáveis como o custo de oportunidade, risco do negócio e liquidez.

Taxa Interna de Retorno (TIR): taxa hipotética calculada por meio dos fluxos de caixa do investimento. É usada para decisão de viabilidade de um projeto, comparada com a TMA determinada pelos sócios ou acionistas.

Tributo: Receita instituída pela União, pelos Estados, Distrito Federal e municípios, compreendendo impostos, taxas e contribuições, nos termos da Constituição Federal e das legislações que tratam de matérias financeiras.

V

Valor venal: é o valor de mercado definido pelo Poder Público para um bem (imóvel ou terreno), com o objetivo de servir de base para o cálculo de determinados impostos e emolumentos judiciais ou administrativos.

Z

Zerar: Liquidar uma posição em títulos ou obrigações a pagar.

Existem muitas outras expressões contábeis importantes utilizadas no dia dia de um(a) Contador(a). O Clube do Contador Certisign sugere que tais terminologias sejam estudadas com frequência. Se isso for feito, o profissional estará sempre pronto a prestar um serviço com excelência e agilidade, gerando valor para si próprio e para os seus clientes.

São centenas de termos e você poderá vir aqui tirar suas dúvidas sempre que precisar. Este conteúdo foi útil para você? Compartilhe com seus conhecidos e amigos! 

“Desde 1982 atuando no mercado nacional, a Papyrus Assessoria Contábil é referência no meio contábil, principalmente, pela tradição, metodologia e pela qualidade no atendimento. Nossos principais objetivos são, agilidade e praticidade no atendimento das demandas de nossos clientes, com total segurança. Para isso, contamos com equipamentos modernos e tecnologia de ponta, utilizando apenas softwares licenciados e ferramentas que garantem a segurança de informação e formatos de backup modernos.”

 

 

 

 

 

VIa: certisign / viverdecontabilidade

Agência Digital HGX Soluções Web Mobile e Marketing Digital